terça-feira, 18, junho, 24
InícioPARANÁO deputado Arilson questiona se o Paraná elegeu um governador ou um...
- ANÚNCIO - https://www.iguassu.com.br/para-visitantes/

O deputado Arilson questiona se o Paraná elegeu um governador ou um terceirizador, ao denunciar o plano do governador Ratinho Jr. de privatizar 200 escolas públicas

“A pergunta do povo paranaense é a seguinte: o Paraná elegeu um governador ou um terceirizador?”. Essa foi a primeira pergunta feita pelo deputado Arilson Chiorato (PT) durante a sessão plenária de terça-feira (21/05) na Assembleia Legislativa do Paraná. O parlamentar expôs a gestão entreguista do atual governo, que planeja, incialmente, entregar para a iniciativa privada 200 escolas estaduais.

“O Paraná está terceirizando o Porto de Paranaguá, está terceirizando hospitais públicos por todo o estado — já foram três. Mas, notícias vindas do Palácio do Iguaçu dão conta de que serão terceirizadas no Paraná 200 escolas, inicialmente. Um desmonte preparado para destruir a educação pública no Paraná”, acredita o deputado Arilson.

Na avaliação do parlamentar, que também é vice-líder da Oposição, a terceirização das escolas paranaenses, segundo a propaganda oficial, visa melhorar a qualidade da educação no Paraná. “No entanto, o que não é dito é que, futuramente, não haverá concurso para a contratação de profissionais da educação. A administração, a infraestrutura, a limpeza e a segurança serão terceirizadas e, obviamente, isso terá influência na educação. O Governo Ratinho quer abrir mão da educação pública, essa é a verdade”, critica.

Para o deputado Arilson, a decisão sobre terceirizar ou não as escolas, segundo o Governo Ratinho JR. será democrática. “Oras! Já vimos falhas, e falhas graves, nos processos de decisão das escolas cívico-militares no Paraná. Terceirização, terceirização, terceirização. Um governo sem gestão, terceirizando tudo, inclusive as pautas principais do estado. A Bovespa, a B3 — tudo o que aconteceu nos últimos anos visa atender o setor privado e desprezar o público. Essa é a verdade”, desabafa.

“É um governo fantasioso, que não representa o povo paranaense, mas sim o mercado. A terceirização de escolas é o sinal mais claro disso. Nossa educação passa por um momento difícil, em que o mercado predador quer se apossar dela, e o Governo do Paraná, de pronto, atende o pedido. O governador Ratinho quer se livrar da responsabilidade de educar nossas crianças e jovens”, denuncia.

Segundo o deputado Arilson, a terceirização é um plano de governo, que é executado dia após dia. “Já temos terceirização na segurança pública, na saúde, na educação, na infraestrutura. Ou seja, não é um governador, não se preocupa com as necessidades dos paranaenses, mas um agente do mercado financeiro que ocupa a principal cadeira do Palácio Iguaçu. Lastimável a decisão do governador”, complementa.


- Envie um whats para nós! - Encontrou um erro? Tem mais detalhes? Ou aconteceu algo e quer compartilhar? Entre em contato com a redação pelo whatsapp: clique aqui

- Receba a notícia quando ela acontece no nosso grupo 📱🤳🏻 👉 https://is.gd/2nA6u1

- ANÚNCIO -spot_img
- ANÚNCIO -spot_img
RELACIONADAS
spot_img

ÚLTIMAS

Google Notícias Ivaiporã Online