19.3 C
Ivaiporã
quarta-feira, 24, abril, 24
InícioPARANÁMulher que teria matado marido por ciúme de vídeos no TikTok é...
spot_img
- ANÚNCIO -spot_img

Mulher que teria matado marido por ciúme de vídeos no TikTok é encontrada morta dentro de casa no Paraná

Luciane Ripka de Marafigo, de 36 anos, foi encontrada morta dentro de casa em Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba, neste sábado (6). A mulher era investigada por assassinar o marido em julho de 2022, na mesma cidade. 

Segundo apurou a reportagem da Banda B, familiares encontraram a dona de casa sem vida na residência. A causa da morte de Luciane ainda é um mistério. O Instituto Médico Legal pediu exames complementares e a Polícia Civil deve investigar o caso. 

“Descansa em paz, nossa querida. Que saudade já estamos sentindo Lu. Sentiremos falta da sua alegria contagiante todas as vezes que nos víamos”, escreveu uma familiar. 

O corpo da mulher foi sepultado, neste domingo (7), no Cemitério Municipal de Contenda. 

Morte do marido por causa do TikTok

Luciane era investigada pela morte do marido Joarez Gonçalves Almeida, de 38 anos, em 12 de julho de 2022, com uma facada no coração. Na época do crime, ela alegou para a polícia que teria se irritado porque o homem estaria vendo vídeos de outras mulheres no TikTok. 

“Eles tiveram uma discussão porque ele estava acessando o TikTok vendo mulheres bonitas e ela por sua vez também instalou o aplicativo para ver homens. Ele catou o celular da mão dela e quebrou o aparelho. Nesse contexto de briga ela teria dado uma facada na altura do peito e acertou o coração”, descreveu o delegado Vinícius Fernandes Maciel em entrevista à Banda B na época do fato. 

Ainda na época do crime, a família de Joarez procurou a reportagem da Banda B e contestou a versão apresentada por Luciane. 

“Essa versão a família desconhece, isso não existe. O que nós sabemos é que a Luciane bebeu e se drogou o dia todo. Joarez chegou a tarde do trabalho, chegou cansado e reclamou porque ela havia bebido novamente e eles tinham combinado de ela parar, que não iria mais beber. Ela não gostou. Ele então disse ‘não vou falar mais nada’ e deitou no sofá”, disse Cibele Santos, prima de Joarez. 

Luciane havia sido liberada depois da audiência de custódia e respondia ao processo em liberdade.

Fonte: Banda B


- Envie um whats para nós! - Encontrou um erro? Tem mais detalhes? Ou aconteceu algo e quer compartilhar? Entre em contato com a redação pelo whatsapp: clique aqui

- Receba a notícia quando ela acontece no nosso grupo 📱🤳🏻 👉 https://is.gd/2nA6u1

- ANÚNCIO -spot_img
RELACIONADAS
spot_img

ÚLTIMAS

Google Notícias Ivaiporã Online