20.6 C
Ivaiporã
terça-feira, 27, fevereiro, 24
InícioPLANTÃOJovens mortos em BMW são identificados
-anúncio-spot_img

Jovens mortos em BMW são identificados

Vítimas foram identificadas como Gustavo Pereira Silveira Elias, Tiago de Lima Ribeiro, Karla Aparecida dos Santos e Nicolas Oliveira Kovaleski

Foram identificados os quatro jovens, entre 16 e 24 anos, encontrados mortos em uma BMW, em Balneário Camboriú (SC). Os corpos foram localizados na manhã desta segunda-feira (1°/1) e as investigações prosseguem para descobrir a causa das mortes. As vítimas foram identificadas como Gustavo Pereira Silveira Elias (24 anos), Tiago de Lima Ribeiro (21), Karla Aparecida dos Santos (19) e Nicolas Oliveira Kovaleski (16). Os corpos encontrados em uma BMW, que estava estacionado no estacionamento da rodoviária de Balneário Camboriú, não apresentavam sinais de violência.

– LEIA MAIS: Mistério cerca mortes de quatro jovens dentro de BMW em Balneário Camboriú

Segundo reportagem publicada pelo site NSC Total, Gustavo, Karla e Nicolas são naturais de Paracatu (MG), enquanto Tiago era natural de Patos de Minas (MG). O grupo morava em Florianópolis (SC) há cerca de um mês, de acordo com a Polícia Civil. A Prefeitura de Paracatu decretou luto oficial de um dia em razão das mortes ocorridas em Balneário Camboriú (SC).

Foto por reprodução

Gustavo Pereira Silveira Elias e Nicolas Oliveira Kovaleski

Carro teve escapamento modificado

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Santa Catarina Bruno Effori, familiares das vítimas confirmaram que o carro passou por um processo de “customização” (alteração das características originais) com o objetivo de gerar mais ruído. Uma das hipóteses investigadas é de que essa modificação esteja relacionada com o vazamento de monóxido de carbono para o interior do automóvel.

Os quatro jovens ficaram cerca de quatro horas dentro do carro ligado com o ar-condicionado funcionando, segundo o delegado. Eles foram encontrados desmaiados na manhã desta segunda-feira (1º).

Segundo informações preliminares da polícia divulgadas pelo site G1, uma falha mecânica na BMW/320I M Sport, fabricada em 2022, teria levado monóxido de carbono para dentro do veículo, o que pode ter causado a morte do grupo.

Conforme a Polícia Civil, imagens de câmeras de segurança foram analisadas e mostram que a mulher que sobreviveu foi a pessoa que menos ficou dentro do carro. Ela chegou de Minas Gerais de ônibus, por volta das 3h e ficou aguardando os ocupantes da BMW, que iriam encontrá-la. A polícia também confirmou que não há sinais de violência nas vítimas, mas ainda será apurado se há participação de “terceira pessoa”. O carro passou por perícia. A Polícia Científica informou que o laudo do carro e dos corpos pode demorar alguns dias para ser concluído.


- Envie um whats para nós! - Aconteceu algo e quer compartilhar? Entre em contato com a redação pelo whatsapp: clique aqui

- Receba a notícia quando ela acontece no 📱🤳🏻 👉 https://is.gd/2nA6u1

RELACIONADAS

ÚLTIMAS

Google Notícias Ivaiporã Online