20.6 C
Ivaiporã
terça-feira, 27, fevereiro, 24
InícioPLANTÃOEm Ponta Grossa filho mata mãe e tenta matar irmãos durante velório
-anúncio-spot_img

Em Ponta Grossa filho mata mãe e tenta matar irmãos durante velório

Um homem suspeito de assassinar a própria mãe de criação e tentar matar três irmãos durante o velório da mulher foi preso nesta sexta-feira (24) em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Sandra Mara Pinheiro, de 46 anos, foi morta no último dia 3 de novembro.

De acordo com o delegado da Polícia Civil (PCPR), Luiz Gustavo Timossi, responsável pelo caso, a série de crimes iniciou após uma disputa entre irmãos por um ponto de tráfico de drogas na cidade. Nesta sexta, um outro homem também foi preso suspeito de envolvimento nos crimes.

Segundo Timossi, os dois presos serão indiciados por homicídio consumado e tentado, qualificado por motivo torpe, e impossibilidade de defesa da vítima. “As investigações agora prosseguem para que seja completamente esclarecido este crime bárbaro, onde um filho acabou por matar a própria mãe e atentou contra a vida de outros familiares por motivo torpe”, destaca o delegado.

Entenda o caso

Sandra Mara Pinheiro era mãe de sangue de uma das vítimas da tentativa de assassinato e tia de sangue de outras duas. Um dos suspeitos presos nesta sexta-feira (24) também era sobrinho de sangue dela. De acordo com o delegado, a mulher criou todos os primos juntos, e os tratava como filhos de criação.

“Os investigados inicialmente teriam agredido uma das vítimas em razão de desacordo e disputa por um ponto de tráfico de drogas. A vítima e um dos agressores são irmãos”, detalha o delegado.

Ao saber da briga, Sandra foi até o local com as outras filhas – uma irmã de sangue e outra irmã de criação do agressor e do agredido. A mulher foi agredida e morta pelo filho de criação, que com a ajuda do outro suspeito preso nesta sexta (24) também tentou matar a irmã de criação, afirma o delegado.

“Agravando ainda mais a situação, os investigados teriam tentado matar a vítima inicial de agressões e filho de Sandra durante o velório dela”, cita Timossi. O nome dos suspeitos e das demais vítimas não foi divulgado.


- Envie um whats para nós! - Aconteceu algo e quer compartilhar? Entre em contato com a redação pelo whatsapp: clique aqui

- Receba a notícia quando ela acontece no 📱🤳🏻 👉 https://is.gd/2nA6u1

RELACIONADAS

ÚLTIMAS

Google Notícias Ivaiporã Online