15.6 C
Ivaiporã
quinta-feira, 18, abril, 24
InícioPLANTÃODescumprimento de medida protetiva termina em prisão e uso de gás pimenta...
spot_img
- ANÚNCIO -spot_img

Descumprimento de medida protetiva termina em prisão e uso de gás pimenta no Jardim Nova Porã

Na quarta-feira, por volta das 09h49, a Polícia Militar (PM) foi acionada via Sistema de Atendimento e Despacho de Emergências (SADE) para atender a uma ocorrência de dano, ameaça, injúria e violação de domicílio na Rua Dirceu Antonio Correia de Melo, no bairro Jardim Nova Porã, em Ivaiporã, Paraná.

No local, a vítima informou que estava em sua residência dormindo quando sua ex-companheira, de maneira repentina, invadiu a propriedade, derrubou o portão e começou a arremessar pedras e tijolos, causando danos ao portão, à casa, ao telhado e a seu veículo estacionado no local. A vítima também relatou que a ex-companheira proferiu xingamentos e ameaças, dizendo que ele “pagaria caro e que sua vida seria arruinada“. Vale ressaltar que a vítima possui uma medida protetiva em seu favor, a qual está sendo descumprida pela agressora.

Ao chegarem ao local, a equipe policial constatou que a mulher já havia deixado o local na companhia de dois homens, cujos nomes não foram informados pelo solicitante. A equipe realizou patrulhamento na região e localizou a mulher descendo pela rua. Foi dada voz de abordagem, que foi prontamente acatada, embora ela tenha inicialmente mentido sobre seu nome e negado ter ido à residência de seu ex-companheiro. Diante do desejo da vítima em representar contra a agressora, ela foi detida, sendo necessário o uso de algemas em conformidade com a Súmula Vinculante 11 do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mulher descontrolada agride policiais

Já era por volta das 02h20, a polícia ainda em atendimento a ocorrência acima quando uma mulher chegou de forma repentina ao local, visivelmente nervosa e segurando um copo de cerveja. Ela começou a perturbar a abordagem realizada pela equipe policial em relação à sua irmã, que havia sido presa.

A mulher chegou gritando e desacatando a equipe policial, utilizando termos ofensivos como “seus porcos” e “filhos da puta”, além de arremessar seu copo de cerveja em um Soldado, o que obrigou a equipe a lhe dar voz de prisão por desacato e perturbação do trabalho e da residência. Ela também demonstrou o desejo de retirar do local seu sobrinho, que estava conversando com a equipe policial. A mulher alegava ser responsável pela criança, que estava apenas pegando as chaves de sua casa e explicando o ocorrido. No entanto, a equipe policial, devido à presença de uma criança, agiu com atenção redobrada, e a mulher tentava retirar o menino à força, sem se identificar.

Nesse momento, a autora estava extremamente nervosa, gritando e desacatando a equipe policial. Ao receber voz de prisão, ela resistiu à detenção, o que obrigou a equipe a utilizar spray de pimenta e técnicas de imobilização, conforme procedimentos estabelecidos no manual da Polícia Militar do Paraná. A mulher foi conduzida algemada, até a sede da 6ª CIPM para a lavratura do termo circunstanciado pertinente.


- Envie um whats para nós! - Encontrou um erro? Tem mais detalhes? Ou aconteceu algo e quer compartilhar? Entre em contato com a redação pelo whatsapp: clique aqui

- Receba a notícia quando ela acontece no nosso grupo 📱🤳🏻 👉 https://is.gd/2nA6u1

- ANÚNCIO -spot_img
RELACIONADAS
spot_img

ÚLTIMAS

Google Notícias Ivaiporã Online